quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Louceiros

     Paixão por louça é uma coisa antiga, conta-se que um dos primeiros louceiros foi encomendado pela rainha Mary I, da Inglaterra e Irlanda, em 1516, a primeira mulher a ser coroada rainha.



    Como ela colecionava louças azuis e brancas holandesas queria guardar e expor as suas preciosidades e foi uma novidade que logo se expandiu pela Europa e pelos Estados Unidos.



     No Brasil foi a Corte Portuguesa quem trouxe os guarda-louças e as cristaleiras para uso exclusivo dos nobres.



     Guarda-louças ou louceiros eram símbolos de poder e riqueza, assim como comer com talheres, serviam para guardar relíquias para servir a mesa e muitos passaram por várias gerações.



     Há louceiros de madeira com vidro, antigos, cópias que até hoje são usados em decorações de salas de jantar, de almoço, copas e cozinhas.



     Ao longo dos anos se modernizaram, mas ainda trazem a praticidade e a beleza de expor louças finas e guardá-las.



Nenhum comentário:

Postar um comentário